quinta-feira, 16 de agosto de 2007

"PÊLAMORDEDEUS!!!"


Vocês aí já usaram essa expressão pra alguma coisa???



Bem, acredito que sim.




Ocorre q essa expressão é usada nas mais variadas situações... Por exemplo, vc está indignado com alguma coisa e aí diz: "PÊLAMORDEDEUS"! Vc se vê numa situação em q precisa pedir algo a alguém e esse alguém não parece inclinado a ceder e aí vc diz: "PÊLAMORDEDEUS"!




A expressão é exatíssimamente a mesma. Varia o sentido!




No primeiro exemplo é uma simples exclamação e reduz a coisa à mera interjeição, como um "ÊPA", "OBA", coisas assim... No segundo, é um modo de apelar pela intercessão de uma Força Superior. É válido! Aliás, ambos são válidos!




Oq me chama atenção é que essa frase é sempre muito presente! Muito muito recorrente! Na hora da raiva, na hora da súplica, na hora de buscar sensibilizar os outros, na hora de dar uma desculpa a alguém ("AH, PÊLAMORDEDEUS"!!!) e por aí vai.




O mais louco nisso, o mais complexo nisso, é que, em tantas situações e usos diferentes, em tantas intenções e motivos diferentes está sempre lá!




E eu que sou católico, e acredito, antes de ver nisso uma banalização do Todo Poderoso, vejo uma popularização! Vejo uma irresistível atração (até ateus exclamam:"PÊLAMORDEDEUS"!)




E pra mim, no íntimo, é isso. É sempre isso: O Amor de Deus!




Está em tudo! Nas coisas visíveis e invisíveis, grandes e pequenas, óbvias e inimagináveis... Está aí, está aqui, em mim, neste post, em vc, em vc´s todos! Pronto, falei: Está em tudo!




E pra mim é simplesmente extraordinário que isso seja tão corriqueiro, tão presente, tão comum!




Incrível, né?




Quanto amor!!!

Um comentário:

Mind Tempest disse...

PÊLAMORDEDEUS!!! hahahaha

Com certeza essa é uma das interjeições mais utilizadas pelo ser humano nascido entre o Oiapoque e o Chuí! Também pudera, a cada dia que passa percebemos que o mundo, definitivamente, não para e que essa percepção nos impulsiona pra frente sob o risco de ficarmos pra trás... ou seja, não é muito dificil escutarmos um "PÊLAMORDEDEUS para que eu quero descer!" diante de tanta loucura que essa vida pós-moderna e cibernética nos impõe... mas é isso aí, bola pre frente que atrás vem gente!